quinta, 26 de novembro de 2020

Sexta-feira de encontros com eleitores em Niterói

Felipe Peixoto (PSD) durante panfletagem em Icaraí. Foto: Manuel Fer – Divulgação

Encontros de candidatos a prefeito de Niterói com eleitores, nos principais bairros da cidade, marcaram a sexta-feira (23). Os prefeitáveis aproveitaram o dia ensolarado para continuar apresentando propostas aos niteroienses.

O candidato Felipe Peixoto (PSD), começou o dia com reuniões internas de alinhamento da campanha e seguiu com entrevistas para dois portais de Niterói e panfletagem no fim da tarde em Icaraí.

O prefeitável participou ainda de encontros na Região Oceânica, onde fechou à noite panfletado em bares de Piratininga. Em todas as atividades ele reforçou as principais propostas para os setores fundamentais, como a segurança, mobilidade e educação.

A ampliação do turno integral, a climatização de 100% das unidades e a construção de mais escolas estão entre os projetos detalhados no Plano de Governo do candidato da coligação Niterói Primeiro, que integra também o PROS e o PSDB.

“Vamos investir no turno integral que hoje funciona em apenas três unidades da rede e zerar a fila da creche que tem mais de mil crianças na espera. Não é possível que uma prefeitura milionária com a segunda maior arrecadação de royalties do estado, ainda tenha deficiências como essas. Com os recursos dá para fazer muito mais”, destacou Felipe, que promete uma gestão para transformar Niterói em smart city (cidade inteligente).

O delegado da Polícia Federal, Deuler da Rocha (PSL), candidato a prefeito de Niterói, esteve na manhã desta sexta caminhando pelas ruas de Icaraí, como a Gavião Peixoto, Lopes Trovão e Moreira César. Acompanhado do vice-presidente estadual do partido, o deputado federal Felício Laterça, e candidatos a vereadores, Deuler celebrou o crescimento da adesão da população aos projetos apresentados na cidade. À noite, o candidato percorreu pelas ruas do Jardim Icaraí.

“A cada rua que percorremos, notamos a receptividade da população às nossas propostas de uma cidade mais digna, com mais trabalho, segurança e menos corrupção e assistencialismo. Pouco a pouco, estamos nos tornando gigantes e Niterói vai ter a direita que merece”, disse Deuler.

O candidato a prefeito Axel Grael (PDT) participou de um encontro com lideranças comunitárias de Niterói durante a manhã, no Centro. Ao longo do dia, esteve em gravações para o horário eleitoral e em reuniões com a coordenação da campanha.

Em conversa com as lideranças comunitárias da cidade, Grael lembrou do “cenário de crise de Niterói antes da gestão do Rodrigo Neves”, ressaltando que o diálogo com as comunidades foi essencial para identificar as prioridades de investimento.

O candidato ainda reforçou seu compromisso de manter o Renda Básica Temporária até a chegada da vacina contra a Covid-19, mantendo a assistência nesse momento desafiador para as famílias que mais precisam.

“Meu compromisso é manter esse diálogo com as comunidades e o olhar para os que mais precisam para que Niterói, como um todo, continue avançando”, disse Grael, que foi vice-prefeito, e secretário Executivo e de Planejamento na gestão Rodrigo Neves.

A agenda começou cedo para Flavio Serafini e Josiane Peçanha, ambos do PSOL, que amanheceram o dia, junto com uma candidata a vereadora, no Hospital Universitário Antônio Pedro, da UFF. Eles foram conversar com profissionais da saúde e usuários sobre as condições de atendimento da unidade.

Segundo o candidato, os relatos dão conta que, “além da falta de materiais e equipamentos, redução do número de leitos, ainda há ainda dificuldades na gestão das informações sobre Covid-19 e também no processo de separação de usuários no trânsito de entrada e saída de pessoas contaminadas pelo Coronavírus”, explicou.

O tema do Covid-19 também dominou a atuação parlamentar de Serafini, que teve nesta sexta publicado em D.O o PL 3.246/2020, que autoriza o Governo do Estado a comprar as vacinas com eficiência comprovada, independente do governo federal. 

“O governo Bolsonaro está ameaçando privar a população do país de ter acesso à primeira vacina que se mostre eficaz contra o Covid. O Rio de Janeiro tem que buscar alternativas para salvar vida da população com a vacina que se revelar eficaz. Ao que parece é a produzida na China e Instituto Butantã. Não podemos abrir mão de ter acesso a ela, mesmo que o presidente a boicote”, disse Serafini.

A candidata Juliana Benício (NOVO) elaborou o conteúdo de um de seus programas eleitorais na TV. Ela falou da mobilização de políticos que irão a Brasília, semana que vem, pedir a retirada da pauta do STF da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4917) do Estado do Rio que questiona as novas regras para a redistribuição dos royalties de petróleo entre estados e municípios. O julgamento da ação está marcado para o dia 3 de dezembro.

A candidata disse que não acredita que o Estado do Rio e consequentemente Niterói percam tanto dos royalties. Ela acha que haverá um acordo.

Mas, se acontecer a grande perda “será preciso um governo com experiência em gestão que foque na entrega de serviços de qualidade à população, e não voltado apenas no capital político. Esse DNA está errado. A motivação atual de quem está no poder é ganhar voto, tudo é montado para redutos eleitorais. Se perdermos royalties, precisaremos de alguém capaz ou então a população ficará totalmente desassistida em um município quebrado”, disse.

A candidata falou da alta dependência de Niterói em relação aos royalties do petróleo.

“Hoje nossa receita com royalties representa 40% da arrecadação, algo muito grande. A economia de Niterói foi sucateada nos últimos oito anos. Sete anos antes da pandemia, perdemos 22 mil empregos. Nos últimos quatro anos, fomos o quarto município do estado que mais perdeu postos de trabalho”, contou.

Juliana comentou, também, que “outro desafio que se apresenta para a administração municipal é o fato de que o IPTU médio cobrado em Niterói é um dos mais altos do Brasil, superando em quase 56%, por exemplo, o IPTU médio cobrado na capital do Estado. A adequação dos valores cobrados de IPTU no município é urgente, havendo a necessidade de uma reavaliação de tais valores, por meio de algumas medidas.

“Realizar auditorias nos valores cobrados de IPTU e a consequente adequação desses valores, garantindo a diminuição do IPTU médio cobrado na cidade”, explicou.

Os candidatos Allan Lyra (PTC), Danielle Bornia (PSTU), Renata Esteves (PMB) e Tuninho Fares (DC) não divulgaram material de campanha até a publicação da reportagem.

Publicada às 20h

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *