sexta, 15 de janeiro de 2021

Sob protesto, Câmara aprova inicialmente reajuste salarial para prefeito

manifestacao-na-camara-de-niteroi
Reajuste foi aprovado em primeira discussão. Foto: Pedro Conforte

O prefeito eleito de Niterói, Axel Grael (PDT), e o vice-prefeito eleito Paulo Bagueira (Solidariedade) estão mais próximos de serem beneficiados com aumento de 10% no salário a partir de janeiro de 2021.

A decisão foi tomada por maioria dos vereadores, durante votação amplamente favorável, em primeira discussão, na sessão plenária desta terça-feira (29).

Foram 13 vereadores que fizeram uso do voto. Nove deles votaram “sim” e quatro “não”.

Está prevista uma sessão extraordinária às 15h desta quarta (30) para decidir o futuro do polêmico projeto.

Os valores corrigidos de R$ 32.469,20 e R$ 28.549,12, serão pagos mensalmente aos gestores executivos até 2024, em caso de aprovação final.

Atualmente, os subsídios chegam a R$ 29,517,45 e R$ 25.953,74, segundo dados da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão.

Os pagamentos dos 45 secretários municipais de Niterói passam a ser fixados no valor de R$ 16.542,15, de acordo com projeto da Mesa Diretora.

O valor em questão representa um aumento de 34% no salário de cada um dos secretários, já que atualmente os pagamentos chegam a R$ 12.344,89.

Alguns dos parlamentares que votaram contra o trâmite do projeto, disseram que o reajuste de subsídio neste momento é ilegal, contrariando a Lei Complementar 173, que estabelece o Programa Federativo de Enfrentamento ao novo coronavírus para ajudar municípios.

Mais cedo um protesto foi realizado na frente da Câmara por manifestantes contra o aumento salarial do Executivo.

Veja como votou cada vereador

Bruno Lessa (DEM) – Não
Carlos Macedo (PATRIOTA) – Sim
Emanuel Rocha (SDD) – Sim
Renatinho do Psol – Não
João Gustavo (PP) – Sim
Andrigo (PDT) – Sim
Leandro Portugal (PV) – Sim
Paulo Eduardo Gomes (Psol) – Não
Paulo Velasco (AVANTE) – Não
Renatinho da Oficina (PTB) – Sim
Ricardo Evangelista (Republicanos) – Sim
Beto da Pipa (PL) – Sim
Rodrigo Farah (MDB) – Sim

Casota (PSDB), Leonardo Giordano (PC do B), Paulo Bagueira (SDD), Luiz Carlos Gallo (Cidadania), Renato Cariello (PDT), Sandro Araújo (Cidadania) e Verônica Lima (PT) faltaram. O presidente da Câmara, Milton Cal (PP) se reservou a prerrogativa da presidência e não votou.

Apesar de constar no portal da Câmara de Niterói, o vereador Atratino (PL) não exerce mandato desde março. O parlamentar Betinho (PC do B) também não atua mais no plenário. O Plantão Enfoco errou ao noticiar sobre as ‘faltas’ dos então parlamentares na votação desta terça. A falha foi corrigida às 22h07.

Publicada às 18h53. Atualizada às 22h07.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *