sexta, 22 de janeiro de 2021

Tribunal Misto ouve mais duas testemunhas do caso Witzel

wilson witzel, impeachment, julgamento, rio
Tribunal ouve duas testemunhas nesta quarta-feira (11). Foto: Marcelo Tavares

O Tribunal Especial Misto, que analisa o processo de impeachment do governador afastado do Rio, Wilson Witzel (PSC), dará continuidade ao caso e ouve, nesta quarta-feira (12), as duas últimas testemunhas que estão arroladas no caso.

Prestam depoimento no Tribunal de Justiça o empresário Edson Torres, que não foi encontrado em sessões passadas, e o presidente do PSC no Piauí, Valter Alencar, que deverá acontecer através de vídeoconferência.

Além das oitivas, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio e também presidente do TEM, o desembargador Cláudio Mello Tavares vai julgar, em conjunto com o colegiado do Tribunal, os recursos pedidos pela defesa do ex-governador afastado.

A defesa de Witzel entrou com recurso (embargos de declaração) contra a decisão do Tribunal Especial Misto (TEM), que suspendeu os prazos do julgamento (120 dias) e do afastamento do cargo (180 dias) do ex-juiz federal no final do último mês de dezembro. Com isso, até a análise dos membros do TEM, o depoimento de Witzel segue sem prazo para acontecer.

(function(i,s,o,g,r,a,m){i['GoogleAnalyticsObject']=r;i[r]=i[r]||function(){ (i[r].q=i[r].q||[]).push(arguments)},i[r].l=1*new Date();a=s.createElement(o), m=s.getElementsByTagName(o)[0];a.async=1;a.src=g;m.parentNode.insertBefore(a,m) })(window,document,'script','https://www.google-analytics.com/analytics.js','ga'); ga('create', 'UA-1023799-1', 'auto'); ga('send', 'pageview');

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *