Porto será construído na região da Praia de Jaconé, em Maricá. Foto: Prefeitura de Maricá

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), solicitou a liberação para construção do Terminal Portuário de Granéis Líquidos e Estaleiro Ponta Negra (TPN), na região da Praia de Jaconé, em Maricá. A informação foi dada pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Aldair de Linda (PT), na sessão ordinária desta quarta-feira (5).

Na ocasião o vereador agradeceu ao apoio do governador e afirmou que “as autoridades estão desde 2010 nessa luta de geração de emprego no município”. Em seguida, o mesmo foi para uma reunião com o prefeito, Fabiano Horta, para discutir o assunto junto com representantes do Estado.

O vice-presidente da Câmara, vereador Felipe Auni (PSD), explicou que a licença de instalação (LI) concedida à empresa que vai construir o porto havia sido caçada, mas o governador conseguiu que essa licença fosse liberada.

“Eu sei que nós já tínhamos mais de 18 laudos de geólogos e pesquisadores do Estado afirmando que não iriam atrapalhar essa construção, até porque o projeto inicial foi refeito. A região conhecida como ‘beachrocks’ que era questionada foi preservada, apenas 2% de pedras foram deslocadas para outro local”, afirmou Auni.

A região dos chamados “beachrocks” é tombada como patrimônio histórico pelo Iphan e foi rota do famoso pesquisador inglês Charles Darwin, em 1832.

Em março deste ano o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) protocolou uma recomendação solicitando que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), no exercício de suas atividades, revogue a licença que expediu para a construção do porto.

Procurada, a prefeitura ainda não respondeu sobre os assuntos tratados na reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *