sexta, 30 de julho de 2021

Aulas presenciais na rede municipal devem retornar em setembro em São Gonçalo

Após 15 dias de recesso, os alunos da rede municipal de São Gonçalo retornam às aulas nesta segunda-feira (26). Seguindo os protocolos de segurança contra a covid-19, a Secretaria de Educação informa que segue com o sistema híbrido de ensino, método adotado no início do ano letivo. A expectativa é de que as aulas presenciais … Ler mais

Aulas de pilates gratuitas em São Gonçalo

A Clínica Gonçalense do Barro Vermelho passa a oferecer aulas de pilates solo gratuitas para a população, ampliando seu quadro de atividades ofertadas na unidade. Considerado por especialistas uma atividade física completa, com foco na musculatura do corpo, o serviço é pioneiro na Saúde Pública no município. As aulas gratuitas da atividade acontecem toda terça-feira, às 9h30.

Rio retorna com programação online de educação previdenciária

A Escola de Educação Previdenciária do Rioprevidência (EEP) retorna, neste mês de junho, com suas atividades totalmente gratuitas, de forma on-line, pela plataforma Teams. As palestras, sobre vida financeira, contratos bancários, superendividamento e assuntos pertinentes ao mundo de finanças, são voltadas para servidores, aposentados e pensionistas, mas todos os interessados podem participar.

Profissionais de educação vão receber auxílio tecnológico no Rio

aluno, escola, estudante, aula, online, escola, pandemia

Profissionais da rede estadual de ensino, da Secretaria de Educação (Seeduc), vão ganhar um reforço financeiro para investir nas aulas remotas. Publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (31), o decreto concede auxílio tecnológico, pago em cota única no valor de R$ 1.500,00, em folha suplementar no mês de junho. Serão beneficiados 48 mil servidores em um investimento total de mais de R$ 72 milhões.

Cerca de 5 milhões de crianças e adolescentes não tiveram aulas em 2020

sala de aula vazia, concurso, prova, aula, foto: EBC

O número de crianças e adolescentes sem acesso a educação no Brasil saltou de 1,1 milhão em 2019 para 5,1 milhões em 2020, de acordo com o estudo Cenário da Exclusão Escolar no Brasil – um alerta sobre os impactos da pandemia da Covid-19 na Educação, lançado hoje (29) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), em parceria com o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) Educação.