sexta, 30 de julho de 2021

Niterói libera vacina a partir dos 12 anos para deficientes e com comorbidades

A Prefeitura de Niterói começou a vacinar contra a Covid-19, nesta quinta-feira (22), adolescentes a partir de 12 anos com comorbidades ou deficiência permanente. Primeira cidade do Estado do Rio de Janeiro a iniciar a imunização deste público, o município está disponibilizando a vacina na Policlínica Carlos Antônio Silva, em São Lourenço, e no drive thru do Campus do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF), em São Domingos.

Vacinação contra gripe avança em São Gonçalo a partir desta quarta

A vacinação da gripe entra na terceira fase na próxima quarta-feira (9). Neste novo ciclo, poderão se vacinar pessoas que têm comorbidades, pessoas com deficiência permanente; adolescentes e jovens em medidas sócio-educativas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, forças armadas e forças de segurança e salvamento, trabalhadores portuários, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo, rodoviário urbano e de longo curso.

Programa de residência médica deve garantir vagas para deficientes

O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública, com pedido de tutela de urgência, para obrigar a União e o Conselho Federal de Medicina (CFM) a tomarem as medidas necessárias para regulamentar a implementação da reserva de vagas para pessoas com deficiência nos processos seletivos para ingresso nos programas de residência médica, os quais são regulamentados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), órgão integrante da estrutura do Ministério da Educação e que conta, em sua composição, com membros indicados pelo CFM.

Assistência integral para deficientes auditivos no SUS

Para melhorar a qualidade de vida da população brasileira com alguma deficiência auditiva, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece de forma integral e gratuita, procedimentos que vão desde a triagem auditiva neonatal, conhecida como “teste da orelhinha”, passando pelo o diagnóstico até a reabilitação auditiva.

Niterói reforça frota de transporte inclusivo gratuito

O programa Ponto-a-Ponto da Prefeitura de Niterói completou 10 anos em janeiro e teve sua frota renovada. O serviço de serviço de transporte gratuito, destinado à locomoção de pessoas com deficiência físico-motora e múltipla e pessoas idosas com mais de 65 anos, agora conta com 10 vans adaptadas e duas doblôs.