sexta, 30 de julho de 2021

Delegado acusado de organização criminosa tem bens bloqueados no Rio

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) conseguiu na 6ª Vara de Fazenda Pública da Capital o bloqueio de bens no valor de R$ 2,8 milhões e a quebra dos sigilos fiscal e bancário de 11 réus, entre eles um delegado da Polícia Civil, três policiais civis, um perito criminal e outras seis pessoas que conforme as investigações praticaram atos de improbidade administrativa.

Folha de pagamento de SG segue acima do teto, aponta TCE

Nanci, sg, deputado, alerj, coaf

Apesar de ter investido o percentual obrigatório de 25% em Educação e 15% em Saúde em 2017, São Gonçalo não teve as contas aprovadas no Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). Isso porque a cidade gastou 56,69% de sua Receita Corrente Líquida (RCL) com pessoal, acima do teto de 54% estipulado … Ler mais